O Confeiteiro

Minha foto
...”Sempre que acordo Com a intenção de não ser O de ontém Mudo E o paradoxo mais bonito È que continuo sendo o mesmo”...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

I


Eu já abri tantas vezes o guarda-roupas
Troquei tantas vestimentas
Que já não sei
Qual delas fica mais bela

Já cortei tantas vezes o cabelo
pentei-o para um lado para o outro
Não decidindo se era cara ou coroa
Com a barba a fazer
Lembrei-me de que no fundo não tinha barba
E quando a fiz
Enruguei um pouco

Eu quis tanto achar
Fiz tanto pra descobrir
Mas, não deu
Eu mudei pra existir.

4 comentários:

J disse...

Degustado, e muito apreciado.

Dan disse...

virgula.

Lilian... disse...

Fico muito feliz de aqui tudo se renovar....
...não deixe de pirar!!!!

Katrina disse...

não abro mais meu guarda roupas

Roda