O Confeiteiro

Minha foto
...”Sempre que acordo Com a intenção de não ser O de ontém Mudo E o paradoxo mais bonito È que continuo sendo o mesmo”...

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Fôlego


È o início


È o fim


È assim um vício do fim

O ofício de ir


Dos meios, jeitos o existir


Das existências a ficção e a ciência


Nas ciências, quando, milagre


Nos milagres o início


No início, nada.

3 comentários:

Katrina disse...

Nunca encontrei muita coisa mesmo no ínicio

Zara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lilian disse...

Uma única coisa...

Caralho...que pira!!!

Roda