O Confeiteiro

Minha foto
...”Sempre que acordo Com a intenção de não ser O de ontém Mudo E o paradoxo mais bonito È que continuo sendo o mesmo”...

terça-feira, 5 de junho de 2007

Da Lua

Astral de Maio - Horóscopo Lunar

O mês de maio promete muita emoção no ar , o mês começa com a lua cheia com o regente planetário em Júpiter planeta das mudanças. influência viagens , mudanças no trabalho e planos a curto e longo prazo. E o mês termina com a mesma lua do início do mês um fenômeno que ocorrre de duzentos em duzentos anos. Esse fenômeno não deixa a humanidade indiferente todos serão tocados pelo bem estar social , favorecendo trabalhos sociais e um clima romântico paira sobre a Terra. O Mês terá uma energia muita forte ideal para qualquer atividade humana.


Sereno e frio e a Lua me surpreende no início do mês , quando volto da viagem ela é quem esta me esperando com a ansiedade que desconhecia. Lua? mistério da lua , mistério de lua.
Hoje é sábado , há lua cheia vermelha na viagem , na janela ou sentada no banco.
Há lua e há quem diga que há coelhinho , há quem diga que é um fenômeno científico , há quem diga que é um fenômeno astrológico , ou que é paixão. Há quem diga que é um corpo celeste que gira em torno de Terra e assim é iluminada , ora não.
Vejo na Lua o rosto de uma menina , num corpo de mulher. A noite esta agradável , estou no começo de Maio sinto-me um tanto desassossegado. Neste mês teremos duas luas cheias.
E se a Lua por mim se apaixonasse ? Será que me levaria a sério ? Quantas luas , quanto misticismo e especulação.
De ti Lua nada sei , somente dos poucos olhares e de alguns devaneios. Como tocar a Lua?
Se ao menos fosse astronauta ou sonhador. Lua sonhastes comigo? Como é possível ? Segurava em minhas mãos?
Já lhe disse que não acredito em paixão? Qual é a minha idade ? Se lhe contar julgarás que sou jovem demais para ti. Além do mais sou humano. E Lua tu conheces o mar , me diga quem és ?
Qual é o seu signo ? Do que tens medo?
Que coincidência estranha Lua , duas luas no mês de Maio. Sou racional e sei que também és. o flerte era natural e carregava a curiosidade.
Posso e devo me questionar sobre a sua existência , durante o dia o que há com a lua ? Onde estás? Ainda és Lua? No dia há sol , afinal há conheço ou não ? existe ou não ? imaginação ou realidade ?
Mês de Maio vem se desenrolando com pura estética do dia e da noite , minha concentração e o meu sono estão alterados não é culpa da cafeína. Fico acordado para lhe ver Lua , quantas madrugadas frias.
E dormindo num sonho me encontrei contigo , segurei suas mãos , olhei nos seus olhos , senti o perfume de seus cabelos que tinham o cheiro de própolis. Lua tu quase desistiu de ir embora, mas, já era quase dia . Foi sonho , sonho mesmo. Lua tu me beijastes e no final do sonho estávamos apaixonados , éramos recíprocos.
Lua de ti não espero correspondência e sei que qualquer conotação romântica lhe dada , fora de algum escritor que resolveu pintá-la como a Deusa do Enamorado.
Estava desassossegado e agora não mais minha alma é de uma leveza que já não me sinto mais da Terra.
O mês de Maio esta por acabar , lua cheia esta por ficar. Porém eu e a leveza. só aguardamos um convite ou sorriso de aceitação. O que queres Lua ? O que fazemos ?
Quer ser amada , quer amor. com a leveza de minha alma posso subir até onde você esta!
Pois, suba quero lhe ao meu lado é sua melhor resposta.

Oh! Lua
Por mil desertos que andei
E de centenas de estrelas que observei
Tu sempre existiu
Tão longe
Tão perto
E assim sempre soube
Que quando por fim chegasse o tempo
De ti
Receberia os sinceros
Os merecidos beijos da verdade.

Lua o mês de Maio esta quase se tornando Junho. O que faremos com as previsões astrológicas ? o que faremos com os materialistas ? e os cientistas ?Não há explicação. E se me perguntarem de ti Lua? Como pode um homem se apaixonar pela Lua ? Como pode a Lua se apaixonar por um homen?
Ùltimo dia de Maio , Lua você esta ai? Você vai com o mês de Maio ?
Quer que eu vá contigo? Vou sem exitar e de pronto aceitei.
Termina o mês de Maio, assim , sereno e frio com a mesma lua cheia que comecei.

5 comentários:

Jones disse...

Recíproco... Eu li...

gi disse...

O que dizer??? lindo, sensível, maravilhoso... vc já disse tudo, só me resta viajar em suas palavras infinitas vezes.

Vinicius disse...

Durante a leitura desse categórico e imensurável texto, viajei por entre nuvens e me vi, apaixonado pela lua. Me dei por conta que também sou, um amante desse astro que de nós está tão longe e tão perto.

Me dei por conta, da beleza, ternura e dos infinitos flertes que a lua me disparava. Descobri nesse texto, um pequeno grande AMOR.

Você, Chuck, mais uma vez, toca a todos com palavras jogadas, de maneira sincera, linda e única.

Parabéns do seu fiel amigo, admirador e por que não, irmão,

Karcassa.

J disse...

Acho que caminhamos juntos por muitos desses desertos.

E ainda temos muito o que caminhar.

Abraço do JOTA

Anônimo disse...

Há quem diga que a Lua é o único satélite natural da Terra, situando-se a uma distância de cerca de 340.516 km do nosso planeta.

Mas quem se importa!!

Se foi ELA q acalentou os corações mais apaixonados.. escutou promessas de amor e lamentações... viu lágrimas deslizarem... ouviu as mais belas canções... enfim...

Nada como a beleza de uma lua cheia... e todo aquele frenesi causado ao cair da tarde e o surgimeto de mais uma noite...

amor.. amor... seres em busca... apenas queremos ser amados..

Roda